Saúde

Causas e Tratamentos para Azia

Pýrosis é uma palavra grega que significa ação de queimar. Sua tradução para português é pirose. O termo é utilizado quando temos queimação no estômago. Entretanto, conhecemos esse efeito mais pelo uso da palavra azia. Essa sensação é originada, em geral, pela ação do ácido gástrico fora da região estomacal.

Além da queimação, a azia pode se acompanhada por dor, sensação de estômago cheio, gosto de ácido na boca, má digestão, refluxo dos alimentos, entre outros sintomas. Se você sofre com azia, precisa ficar atento, pois ela não é um diagnóstico, em sim apenas um sintoma. Quem sofre de azia constantemente pode ter problemas no refluxo gastroesofágico, úlcera, câncer no esôfago, no estômago e, em alguns casos, é sinal de gravidez. Por isto, se você tem azia com frequência, precisa procurar um médico especialista para identificar a causa e indicar o tratamento correto.

Abaixo listamos fatores que podem desencadear a azia, sugerindo, basicamente, mudanças de hábito para reduzi-la ao máximo.

Má alimentação

O estilo de vida é um dos principais desencadeadores de azia e, entre esses elementos, a alimentação é central. Se você tem azia vale a pena evitar excesso de gorduras, frituras, frutas ácidas, refrigerantes, cafés, chocolates, bebidas muito quentes, álcool e tóxicos. Reduza ou evite tais alimentos, introduzindo uma nova rotina alimentar que não favoreça a azia, alimentação saudável é primordial para conquistar a  saúde ideal.

Outro fator é o excesso ou a falta de alimentação. O excesso de alimentação gera dificuldades digestivas, levando o suco gástrico em direção ao esôfago. De igual modo, ficar muito tempo sem comer causa um acúmulo do ácido gástrico, possibilitando um refluxo. A dica é comer mais vezes ao dia, de 3 em 3 horas, mas em pequenas quantidades. Evite comer até estar totalmente satisfeito: pare quando tiver 80% de satisfação.

Cuidados após comer

Não raro as pessoas sentem sono e se deitam após a alimentação. Este é um hábito pode facilitar o refluxo dos ácidos digestivos, devido à posição de ficar deitado. É importante esperar algum tempo, sentado ou em pé, após comer. Tomar cafés ou chás escuros também deve ser evitado após a alimentação para evitar a azia. Chás claros são mais propícios, assim como o chá de camomila pelo fato de combater a irritação nas paredes do estômago e esôfago.

Obesidade

Sobrepeso causa pressão no estômago (do mesmo modo que gravidez pode gerar sensação de azia), fazendo com que os ácidos gástricos percorram em direção ao esôfago. Atividades físicas são essenciais. Trinta minutos de caminhada por dia não combate a obesidade e melhora o corpo como um todo, gerando diversos benefícios.

Antiácidos

A azia pode ser combatida com antiácidos. Contudo, reafirmamos que a azia não é um diagnóstico, mas sim um sintoma. Ter azia de modo esporádico é algo comum, porém, pessoas que tem azia frequente, de duas a três vezes por semana ao longo de oito semanas, podem ter algo mais grave. Antiácidos atuam somente no efeito da azia, não combatendo sua causa original. Por isso é indispensável a ação médica.

Um boa maneira de resolver esse problema é com conhecimento, o livro digital vencendo a azia foi escrito com conteúdo detalhado e completo sobre como cuidar da azia, refluxo e gastrite de maneira a eliminá-la do seu dia a dia.

Causas e Tratamentos para Azia
5 (100%) 1 vote
Padrão